Audiência do OP reúne gestão municipal com população e define prioridades para 5ª e 6ª regiões

Abrindo mais um espaço de diálogo entre a gestão municipal e a população, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realizou, na noite desta quinta-feira (22), a terceira Audiência Regional do Ciclo 2018 do Orçamento Participativo (OP) da Capital. Os moradores da 5ª e 6ª Regiões de Participação Popular (RPP) se reuniram com o prefeito e os auxiliares do governo municipal na Escola Municipal Antônio Nominando Diniz, no Grotão. A 5ª RPP elegeu política urbana (61%) e saúde (18%) como prioridades. A 6ª RPP apresentou as mesmas demandas na seguinte ordem: saúde (38%) e política urbana (24%).

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, destacou a importância de promover estes encontros do Orçamento Participativo (OP) com a população para que a gestão municipal continue planejando e realizando as ações de acordo com as necessidades dos moradores de cada região. “Estes encontros são uma oportunidade de dialogarmos com a população, reconhecer o que eles mais precisam, ouvir suas críticas e sugestões e avançar ainda mais no trabalho que realizamos para melhorar a vida de todos. Um governo precisa ser feito ouvindo o povo e é isso que nós fazemos através do Orçamento Participativo”, afirmou.

O secretário do Orçamento Participativo, Francisco José das Chagas, afirmou que as plenárias são o exercício da cidadania e espaço ideal para a população ser ouvida no que mais lhe interessa. “A população debate, vota, elege suas prioridades, e o governo municipal insere no seu planejamento anual e coloca em execução. Graças à vontade do povo, muitas demandas já se transformaram em escolas, unidades de saúde da família, creches, ruas pavimentadas, por exemplo”, disse.

A 5ª RPP reúne os bairros do José Américo, Água Fria, Cidade dos Colibris (1 e 2), João Paulo II, Ernani Sátiro, Esplanada, Costa e Silva, Grotão, Geisel, Funcionários II, III e IV e as comunidades Jardim Sepol, Jardim Nova Canaã, Colibris, Jardim Laranjeiras, Conjunto da FAC I e II, Mãe Bienga, Santa Verônica, Loteamento Mares do Sul, Quadramares, José Mariz I, Brasa Mar, Jaqueiras I, II, III e IV, Walter Forte, Boa Vista, Citex, Nova República, Nova Trindade III, Lago Sul, Conjunto Radialista, Arame, 1º de Abril, Loteamento Greenville, Lava Jato, Maria de Nazaré, Condomínio Fraternidade, Presidente Médici, Loteamento Morada Verde, Gauchinha, Taipa, Nova Vida, Vila da Paz e Sesi.

A 6ª RPP engloba os bairros das Indústrias, Distrito Industrial, Cidade Verde I, II, III e etapa, Jardim Veneza e as comunidades Conjunto José Vieira Diniz, Nova Trindade, Conjunto Nossa Senhora das Graças, Conjunto das Indústrias, Loteamento Cajueiro, Mumbaba, Três Lagoas, Conjunto Padre Ibiapina, Chatuba, Loteamento Verde Vale, Loteamento Cidade Jardim, Condomínio da Paz, Loteamento Clovis Gondim, Loteamento Jardim Verona, Nova Veneza, Estrela de Prata, Jardim Paraíso, Loteamento Barro de Ouro e João Magliano.

OP – O Orçamento Participativo promove o diálogo direto com o poder público municipal sobre o melhor encaminhamento dos recursos públicos. O OP empodera a sociedade, fazendo o compartilhamento de poder entre gestão e população, que participa e fiscaliza as ações do governo, além de ajudar na elaboração e implementação das peças orçamentárias: Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO); Lei Orçamentária Anual (LOA) e Plano Pluarianual (PPA).

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: