Berg rebate governador sobre novas eleições: “Não cometi crime eleitoral para ser cassado”

O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, rechaçou a tese defendida pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) sobre novas eleições no município. Durante entrevista ao Correio Debate, da Rádio Correio Sat, nesta sexta-feira (1), Berg afirmou que não há motivos para a Câmara cassá-lo já que não cometeu crime eleitoral e que vai provar a inocência sobre o processo a qual responde.

“Respeito o posicionamento do governador. Entendo seu interesse até porque apoiou o candidato na cidade que eu venci. Ganhamos a eleição de forma limpa. Não cometi crime eleitoral. Não há motivos para a Câmara me cassar e realizar novas eleições. Vou conversar também com os vereadores para provar minha inocência sobre todas as acusações”, disse.

 

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: