Após apelo do governador, CBF volta atrás e libera Almeidão para jogos com torcida

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) voltou atrás e decidiu na tarde desta terça-feira (16) liberar jogos com público no estádio José Américo de Almeida (Almeidão).

Desde a última sexta-feira (12), a CBF decidiu acatar determinação do Ministério Público. O MP alega que as obras ao redor do estádio poderiam oferecer riscos numa eventual briga entre torcedores.

Em contato com o blog do Anderson Soares, o governador Ricardo Coutinho (PSB), isentou a CBF da responsabilidade. Segundo ele, Walter Feldman, secretário-geral  da entidade foi solícito em resolver o problema.

“A culpa não era da CBF. Walter Feldman foi bastante solícito para resolver a situação”, disse Ricardo.

Segundo o governador, O estádio já está liberado para partida de hoje entre Campinense e Imperatriz do Maranhão, pela Copa do Nordeste.

O duelo acontece em João Pessoa porque o clube de Campina Grande precisou pagar uma punição de um jogo em virtude de um incidente registrado no Nordestão do ano passado.

“O estádio está liberado. Os representantes da CBF receberam o laudo do Corpo de Bombeiros e liberaram para o jogo de hoje. Já liguei para o presidente do Campinense”, concluiu.

No domingo (14) durante partida entre Botafogo-PB e Sport Clube Recife, pela Copa do Nordeste, RC havia declarou à imprensa que iria cobrar à CBF, pessoalmente, uma solução para o impasse.

Comentários
Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: